LUCIANA – ESCLEROSE MÚLTIPLA

“Ela optou pela Vitamina D e isso fez toda a diferença…”

 

Há 9 meses, sem causa aparente, Luciana acordou completamente cega do olho direito.

Submeteu-se a uma pulsoterapia de 5 dias e recuperou a visão. Porém, logo em seguida, surgiram novos sintomas da sua doença: tontura, diplopia (visão dupla), fadiga, parestesias e o sinal de Lhermitte.

Luciana consultou uma experiente neurologista, realizou os exames de praxe e recebeu o diagnóstico de Esclerose Múltipla.

A sua médica queria iniciar imediatamente o tratamento com copaxone, interferon ou aubagio. Mas, Luciana não se sentiu segura com essas opções terapêuticas, pois os efeitos colaterais mencionados nas bulas desses medicamentos são muito preocupantes.

Por sorte ela assistiu a alguns depoimentos em nosso site e decidiu medicar-se com o Protocolo da Vitamina D.

Em dezembro de 2017, Luciana completou 9 meses de tratamento. Ela estava completamente assintomática e recebeu alta, com o compromisso de manter o tratamento e a dieta e de enviar-nos periodicamente os exames laboratoriais de controle.

Milhares de pacientes em todo o mundo já resgataram a sua saúde e qualidade de vida com o Protocolo da Vitamina D desenvolvido pelo Dr. Cícero Galli Coimbra.

Já está na hora de toda a comunidade médica considerar esse tratamento como a primeira opção terapêutica no tratamento das doenças autoimunes.


 

MARCO ANTÔNIO – ARTRITE REUMATÓIDE

Faixa Preta  “D”  Jiu-Jitsu

Marco Antônio está muito feliz!  Além de se livrar das dores articulares da Artrite Reumatoide, ele conseguiu realizar mais um dos seus grandes objetivos: tornar-se Faixa Preta de Jiu-jitsu.

Quem pratica essa arte marcial sabe o quanto é difícil alcançar essa graduação. O Jiu-Jitsu é um esporte de contato em que os competidores visam finalizar os adversários por estrangulamento e entorses articulares.

É inconcebível um portador de artrite reumatoide levar uma chave de braço, de punho ou de joelho com a sua doença em atividade. As dores seriam insuportáveis!

Durante 1 ano Marcos foi medicado convencionalmente por um dos maiores reumatologistas do Brasil, sem sucesso. O seu prognóstico não era bom e Marco imaginou que a sua carreira atlética havia chegado ao fim.

Foi então que ele decidiu se tratar com a Vitamina D.

O colega que assumiu o seu caso realizou o estágio em São Paulo há vários anos e é bastante competente.

Com Protocolo da Vitamina D Marcos sentiu uma melhora de 50%, porém, as articulações ainda estavam inflamadas e não podia voltar a lutar.

Após assistir a alguns depoimentos em nosso site, ele nos procurou em Campinas.

O Protocolo da Vitamina D foi mantido. A única mudança que fizemos foi retirar o glúten da sua alimentação.

Em pouco tempo todos os sinais e sintomas da sua doença desapareceram. Marco voltou a treinar intensamente e, na véspera do seu retorno, ele recebeu o tão sonhado diploma de Faixa Preta “ D “ Jiu-Jitsu.

Mais uma vida restaurada graças ao tratamento com a Vitamina D e uma dieta sem glúten.

LUÍZA – DERMATITE ATÓPICA (primeira consulta)

“Parar de comer glúten foi a melhor coisa que eu fiz na minha vida…”

Poucos meses após o nascimento, Luíza começou a manifestar alergias respiratórias e, aos 2 anos de idade, desenvolveu um quadro grave de dermatite atópica.

Luiza sofreu muito a vida toda… em determinadas ocasiões as dores e as coceiras eram tão insuportáveis que ela ficava enlouquecida e pedia a Deus para morrer…

Depois de consultar dezenas de médicos e se submeter a quase todos os tratamentos convencionais disponíveis, ela já não tinha mais nenhuma expectativa de levar uma vida normal.

Felizmente, pesquisando na Internet, ela assistiu a alguns depoimentos dos nossos pacientes e suas esperanças se renovaram.  Ela mostrou os vídeos para a sua mãe, marcou uma consulta em Campinas e decidiu eliminar o glúten da sua alimentação enquanto aguardava a data agendada.

A princípio, sua mãe foi contra a retirada do glúten sem uma orientação especializada. No entanto, em apenas 3 semanas a pele de Luíza melhorou 90% e, ao ver os resultados da dieta ela assim se manifestou:

“Em 25 anos é a primeira vez que a minha filha parou de se coçar! Literalmente, ela nunca mais se coçou! Eu estou em estado de graça”.
–Ivana (mãe)


Muitos ainda criticam veementemente o nosso trabalho, simplesmente porque preconizamos uma dieta sem glúten.

Porém, essa conduta está alicerçada em farta literatura científica internacional, bem como centenas de casos clínicos como esse da Luíza.

Estamos plenamente convencidos da importância dessa medida terapêutica e defendemos humildemente a nossa posição compartilhando a seguinte mensagem:

REGINA – ESPONDILITE ANQUILOSANTE

“Comeu glúten pode esperar que a consequência vem…”

Muita gente pergunta como os nossos pacientes estão evoluindo com o Protocolo da Vitamina D ao longo dos anos.

Regina vai completar 2 anos de tratamento e está cada dia melhor. A sua qualidade de vida foi completamente restaurada: participa normalmente de quase todas as “baladas” que acompanham as competições esportivas do marido (vaquejada), está bastante disposta e tem viajado com muita frequência.

Ela não apresentou nenhum efeito colateral tomando altas doses da Vitamina D e os seus exames de controle estão todos normais.

Sabemos que a Espondilite Anquilosante ainda não tem cura, mas, para a maior parte dos pacientes, já tem solução: Vitamina D em doses hiperfisiológicas e restrição de laticínios, glúten e açúcar.