LOURDES – PÊNFIGO VULGAR

“Eu me livrei das lesões, perdi 10 Kg e ainda quero perder

mais um pouquinho…”

Em 2016 Lourdes desenvolveu uma grave dermatite bolhosa autoimune, denominada Pênfigo Vulgar. Inicialmente, as lesões acometeram a cavidade oral e logo disseminaram-se por todo o corpo.

Durante 1 ano, ela foi tratada sem sucesso com os seguintes medicamentos: prednisona, ciclosporina, antibióticos, antifúngicos e azatioprina.

Essas drogas possuem um poderoso efeito imunodepressor e, como efeito colateral da baixa resistência, paciente foi acometida por uma infecção viral extremamente dolorosa na pele e nas raízes nervosas do tórax, denominada Herpes Zoster.

Pesquisando na Internet, Lourdes assistiu a alguns depoimentos dos nossos pacientes portadores de Pênfigo Vulgar. Impressionada com os resultados apresentados, ela agendou uma consulta em ampinas para submeter-se a essa nova terapia.

O principal fundamento desse tratamento é a substituição imediata de todos os  medicamentos imunodepressores pela vitamina D, um hormônio imunomodulador extremamente eficaz e praticamente destituído de efeitos colaterais (desde que o tratamento seja conduzido por um médico que esteja familiarizado com as normas do Protocolo da Vitamina D).

Conforme tem sido amplamente divulgado, nós recomendamos por acréscimo ao Protocolo da Vitamina  D uma dieta sem glúten. Adotamos essa conduta embasados em inúmeros trabalhos científicos internacionais que apontam o glúten, os laticínios e o açúcar como os principais gatilhos alimentares das patologias autoimunes.

Em poucas semanas de tratamento, Lourdes apresentou grande melhora das lesões da pele e da cavidade oral.  Além disso, ela já eliminou cerca de 10 Kg e está extremamente feliz com a evolução do seu quadro clínico.


 

EURICO – PÊNFIGO VULGAR

“Em apenas 4 meses de tratamento eu me livrei do pênfigo vulgar, da depressão, das enxaquecas e da constipação intestinal”

Há 1 ano Eurico recebeu o diagnóstico de Pênfigo Vulgar, uma doença muito estigmatizante e dolorosa.

Ele foi medicado convencionalmente com altas doses de corticoides sem sucesso e, pesquisando na Internet, assistiu a alguns depoimentos dos nossos pacientes.

Eurico realizou uma consulta em Campinas e após 4 meses de tratamento com o Protocolo da Vitamina D e uma rigorosa dieta sem glúten, as lesões da pele e da cavidade bucal já estão praticamente curadas.

Durante a consulta Eurico relatou que também que estava sofrendo de constipação intestinal crônica, enxaquecas frequentes e depressão e já se livrou também desses três problemas de saúde.

O número de pessoas que sofrem dessas doenças ao redor do mundo é muito grande e nós temos o dever moral de compartilhar os incríveis resultados que estamos alcançando com esse procedimento terapêutico extremamente eficiente, de custo insignificante e praticamente isento de efeito colateral, desde que seja conduzido por médicos habilitados a prescrever vitamina D em doses hiperfisiológicas.

Queremos também relatar que na nossa experiência a dieta sem glúten complementa o Protocolo da vitamina D desenvolvido pelo Dr. Cícero, sendo muito importante no tratamento das doenças imunológicas.

ANDRÉIA MARQUES – PÊNFIGO VULGAR

MAIS UMA PRECIOSA VIDA RESTAURADA

Andréia é uma jovem alegre e comunicativa.

Em 2010 (7 anos atrás) apresentou diversos surtos de urticária gigante e desenvolveu uma patologia grave e incomum denominada Pênfigo Vulgar.

Ela tentou tratamentos, inclusive no Hospital Adventista do Pênfigo em Campo Grande. Foi medicada com azatioprina e altas doses de cortisona. As lesões regrediam com o tratamento, porém, ganhou 35 quilos e, sempre que tentava reduzir a dose dos medicamentos, as lesões reapareciam.

Há um ano ela nos procurou em Campinas para se tratar com o Protocolo da vitamina D.  Eu lhe falei que era a minha primeira paciente com pênfigo, mas, acreditava que ela ficaria boa em pouco tempo.

andreia1E, foi o que aconteceu. Rapidamente ela se livrou das lesões e começou a perder peso.

Andréia tem uma personalidade muito dinâmica e altruísta. Assim que ela recebeu os benefícios do tratamento com a Vitamina D, começou a divulgá-lo para ajudar outras pessoas.

Durante os 12 meses de tratamento com o Protocolo, Andréia percebeu claramente a importância da dieta sem glúten para o pleno sucesso terapêutico. Todas as vezes que fez pequenas transgressões alimentares, surgiam novas lesões que rapidamente desapareciam com a retomada da dieta.

O seu depoimento sincero e espontâneo certamente vai ajudar muita gente!

MALU – PÊNFIGO VULGAR


“PÊNFIGO JÁ TEM SOLUÇÃO”

Malú, uma jovem cantora e atriz de teatro, vivia uma vida plena e feliz…

Porém, subitamente, há dois anos, teve suas cordas vocais, a cavidade bucal, os lábios, as fossas nasais e, inclusive as articulações, gravemente afetadas por uma doença autoimune extremamente dolorosa e estigmatizante denominada PÊNFIGO VULGAR.

O tratamento convencional do pênfigo consiste em ministrar altas doses de imunodepressores como cortisona, metotrexato, azatioprina, ciclosporina etc…para minimizar a produção de autoanticorpos.

Porém, como todas as bocas são colonizadas por bilhões de bactérias, as lesões do revestimento mucoso transformam-se em “portas de entrada” para o sistema cardiovascular. Por esse motivo, a depressão terapêutica da imunidade para o tratamento do pênfigo vulgar, não raramente provoca graves septicemias potencialmente fatais.

Desta forma, tratamento ideal para o pênfigo é a vitamina D em doses hiperfisiológicas.  Esse hormônio esteróide é a única substância conhecida até o momento que possui a incrível peculiaridade de suprimir a autoimunidade e, concomitantemente, aumentar a imunidade natural que nos protege de bactérias, fungos, protozoários, vírus e, inclusive, de células tumorais.

Durante muito tempo Malu sofreu terrivelmente. Passou a cobrir os lábios com uma máscara cirúrgica, parou de cantar e distanciou-se do convívio social.

Consultou inúmeros médicos em hospitais de referência e já estava perdendo todas as esperanças…Um dia, por sorte, ela se deparou com uma postagem da Andréia, uma das nossas pacientes que também é portadora de Pênfigo, divulgando que em poucos dias se livrou da doença com o Protocolo da Vitamina D.

Malu e Andréia tornaram-se amigas no Facebook, conversaram muito e ela decidiu nos procurar em Campinas. O resultado do tratamento foi simplesmente ESPETACULAR.

malu1

Malu ficou boa em 15 dias e, num gesto de extremo altruísmo, fez questão de compartilhar suas mazelas, com o objetivo exclusivo de ajudar milhares de pessoas ao redor do mundo que estão sofrendo tanto quanto ela sofreu!


andreiaP.S. – Andréia acabou de fazer contato conosco dizendo que também gostaria de publicar o seu depoimento. Eu lhe pedi que me enviasse um vídeo para nós postarmos.

Por enquanto ela nos enviou uma foto dizendo que não tem mais nenhuma lesão e por conta da dieta sem glúten, emagreceu bastante e está muito feliz .

Andréia Rezende Marques
Guaxupé, Minas Gerais